Pesquisa

A pesquisa e a produção científica na FCP, associada ao ensino, à extensão, à atividade de estágio ou como função específica, será processo permanente e terá por objetivos:

  1. Formar e aperfeiçoar o espírito científico do estudante;
  2. Renovar e atualizar a informação, a técnica e a metodologia da aprendizagem;
  3. Permitir a plena criatividade do corpo docente e discente e seu aprimoramento cultural;
  4. Contribuir para melhor análise e compreensão da realidade sócio econômico cultural e educacional nacional, com ênfase na realidade do Piauí e da Região Nordeste;
  5. Fornecer subsídios para os programas de extensão, para as atividades de estágio e para os projetos de intervenção técnico profissional na realidade social piauiense e nordestina;
  6. Contribuir para o progresso das ciências, letras e artes, o avanço da civilização, o aperfeiçoamento das instituições e o ideal da solidariedade.

A pesquisa científica na FCP será conduzida como uma atividade orientada para a produção de conhecimento e a busca de resultados socialmente significativos, devendo ter regulamento especifico aprovado pelo Conselho Superior da Faculdade. Os projetos de pesquisa científica apresentados por professores devem ser apreciados no Colegiado de Curso.

A iniciação científica na FCP tem a finalidade de estimular o espírito científico no corpo discente, possibilitando o envolvimento do estudante em pesquisas no curso de graduação. As atividades de pesquisa que serão desenvolvidas na Faculdade estarão vinculadas ao desenvolvimento do ensino de várias disciplinas, sendo conduzidas pelos próprios estudantes com orientação dos professores. As disciplinas Metodologia do Trabalho Científico e Metodologia da Pesquisa, podem ser inseridas no Projeto Pedagógico de todos os cursos de graduação, para atuarem como mecanismos estimuladores e formadores de habilidades para o desenvolvimento de pesquisas conduzidas pelos estudantes.

No desenvolvimento de sua política de pesquisa a FCP adota as seguintes estratégias:

  1. Desenvolvimento do Programa de Iniciação Científica, para inserção dos estudantes nesta atividade;
  2. Oferta de cursos de pós-graduação, definindo prioridades institucionais na alocação de recursos orçamentários necessários para o financiamento de projetos de pesquisa;
  3. Definição de linhas de pesquisa nas quais os projetos de iniciação científica e os projetos de pesquisa que vão gerar os trabalhos de conclusão de curso devem estar vinculados;
  4. A criação de grupos de pesquisa para impulsionar a produção cientifica dos docentes.

Os projetos de pesquisa poderão ser financiados pela Mantenedora, conforme seus custos e disponibilidade financeira, ou podem ser encaminhados para agências financiadoras externas locais e nacionais. Bolsas de iniciação científica podem ser concedidas como mecanismo de valorização do empenho do estudante que participa de projetos de pesquisa na Faculdade.

A seleção de bolsistas para as atividades de iniciação científica deverá ter como requisitos, dentre outros que venham a ser fixados pelo Conselho Superior, os seguintes:

  1. O estudante deve ter cursado 2 (dois) períodos letivos e não poderá estar no último período do curso de graduação, para iniciar um projeto;
  2. Apresentação de um projeto de pesquisa vinculado às áreas de pesquisa da Faculdade;
  3. Ter professor orientador;
  4. Aproveitamento satisfatório, nos termos definidos por deliberação do Conselho Superior da Faculdade.

O período de inscrição de estudantes para a seleção de bolsas de iniciação científica é divulgado através de edital específico, de acordo com o calendário acadêmico da Faculdade.

Na Faculdade são adotados mecanismos de incentivo à pesquisa e a produção científica do corpo docente, por mecanismos diversos, entre os quais se destacam:

  1. Capacitação dos docentes em cursos de pós-graduação;
  2. Intercâmbio com outras instituições científicas, estimulando os contatos entre professores e o desenvolvimento de projetos comuns;
  3. Realização de eventos para divulgação dos resultados das pesquisas realizadas;
  4. Auxílio para apresentação de trabalhos em eventos fora de Corrente.

 

REGULAMENTO DE POLÍTICAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA

A Diretoria Geral da Faculdade do Cerrado Piauiense-FCP, no uso de suas atribuições legais e regimentais, considerando que o ensino, a pesquisa e a extensão formam o tripé da educação superior, conforme dispõe as diretrizes curriculares elaboradas pelo MEC, pois somente agregando a pesquisa e a extensão às nossas práticas é que a “realidade” fará parte do nosso ensino (CLIQUE E BAIXE O MANUAL)

Quer falar com a gente? Comece aqui